Um psicopata na Igreja

Publicado: 19 de março de 2014 em Uncategorized

 Imagem

A psiquiatra Ana Beatriz autora de vários livros neste segmento, revela que Pelo menos 4% da população apresenta esse lado sombrio da mente. Pode ser qualquer pessoa: um colega de trabalho, o marido ou um filho. Pessoas generosas são as vítimas preferidas”. Isso significa que podemos estar convivendo com um psicopata pertinho de nós e não sabemos. 
Apesar do nome já demonstrar um lado sombrio e tenebroso, não são muitos os psicopatas que tendem a ser como aqueles do serial Killer (a exemplo de Hannibal Lecter) que aterroriza a vítima sentindo prazer em ver o seu sofrimento e morte. Em geral, conforme a psiquiatra, o “Psicopata é o indivíduo que apresenta um transtorno de personalidade, que se caracteriza por total ausência de sentimento de culpa, arrependimento ou remorso pelo que faz de errado. Falta de empatia com outro e emoções de forma geral (amor, tristeza, medo, compaixão, etc.). Os psicopatas são frios e calculistas, mentirosos contumazes, egocêntricos, megalômanos, parasitas, manipuladores, impulsivos, inescrupulosos, irresponsáveis, transgressores de regras sociais, muitos são violentos e só visam ao interesse próprio. Eles estão infiltrados em todos os meios sociais, credo, sexo, cultura e são capazes de passar por cima de qualquer pessoa apenas para satisfazer seus sórdidos interesses. Podemos dizer que são verdadeiros ‘predadores sociais’, almejam somente o poder, status e diversão e usam as pessoas apenas como troféus ou peças do seu jogo cruel.”. 
O psicopata, como muitos pensam, não está entre os considerados loucos, isso porque, loucura é definida pela medicina como surto psicótico, o que não acontece com o psicopata que não apresenta nenhuma desordem cognitiva e nem tão pouco deficiência de raciocínio. Abaixo citamos alguns pontos importantes de como um psicopata pode se apresentar:
Charmoso: Tem facilidade em lidar com as palavras e convencer pessoas vulneráveis.
Inteligente: O QI costuma ser maior que o da média.
Ausência de culpa: Não se arrepende nem têm dor na consciência. É mestre em botar a culpa nos outros.
Espírito sonhador: Vive com a cabeça nas nuvens. Mesmo se a situação do sujeito seja miserável.
Habilidade para mentir: Não vê diferença entre sinceridade e falsidade.
Egoísmo: Faz suas próprias leis. Não entende o que significa “bem comum”. Se estiver tudo bem para ele, não interessa como está o resto do mundo.
Frieza: Não reage ao ver alguém chorando e termina relacionamentos sem dar explicação.
Parasitismo: Quando consegue a confiança de alguém, suga até a medula.
Como eles estão em todos os seguimentos da sociedade, não há como ignorar o fato de estarem também na Igreja. Muitos estudiosos até questionam a conversão de um psicopata ao evangelho dizendo não ser possível, já que uma de suas características fortes é a ausência da capacidade de arrependimento. Acreditamos que, como o evangelho é o poder de Deus (Romanos 1.16), sem dúvidas este evangelho pode transformar, pois não há nada impossível para o homem que não se torne possível para Deus (Mateus 19.26).
Embora creiamos no poder transformador do evangelho de Cristo, há evidências de que nas igrejas religiosas muitos psicopatas se aproveitam do nome de Deus e da fé que o povo exerce, para extorquir, roubar e destruir sem nenhum escrúpulo ou sinal de compaixão. O pior de tudo é que muitos demonstram intimidade com os textos da Bíblia e com Deus, e sua aparência exala “santidade” e “autoridade”, ficando difícil perceber seus planos maquiavélicos e sarcásticos por trás de suas ações.
Imagem
A psicóloga Marisa Lobo, autora do livro Psicopatas da Fé,  disse numa entrevista: “um psicopata pode converter-se ao evangelho e acreditar em sua mente que isso pode lhe trazer poder sobre as outras pessoas. Pode inclusive entrar em um seminário, uma escola ministerial, se tornar diácono, obreiro, de uma igreja católica ou evangélica ou mesmo passar a fazer parte de seitas com o intuito de ‘ser o melhor’, independente do que é ensinado”. 
Talvez encontramos um dos primeiros psicopatas na Bíblia na pessoa cruel e sanguinária de Caim. Quando percebeu que sua oferta não foi aceita, ficou furioso. Embora Deus o alertando de que o pecado estava à porta do seu coração e que deveria dominá-lo antes que o mesmo o dominasse, não foi suficiente para impedir que ele executasse o seu plano maquiavélico em matar seu irmão, fruto certamente de uma mente psicopata (Gênesis 4.1-12). 
Quando estava morando na Bahia, conheci uma vítima de um “Pastor” psicopata. Esta senhora tinha um problema de saúde sério, possuía muitos bens financeiros e, levada a uma igreja por uma obreira para conversar com este pastor, foi orientada a passar seus bens para o nome da igreja como oferta a Deus pela sua cura. Infelizmente, nunca foi curada, perdeu tudo e agora pedia esmolas nas ruas. Passado alguns anos, tentou reaver com o “pastor” os seus bens e nunca os teve de volta, pois legalmente havia passado seus bens para a Igreja.  
Não queremos com isso inflamar em muitos corações as desilusões e frustrações que tiveram com pessoas que se passaram por “pastores” e nem tão pouco por situações humilhantes e injustas que tiveram em alguma igreja que participaram, isso porque, afirmar que todos os pastores são uma corja de ladrões e que as igrejas não prestam, é ser um ignorante despretensioso. Não vamos prolongar este assunto porque é longo e fugiremos do nosso tema inicial. 
No entanto, não devemos viver um cristianismo romântico e irracional. A Bíblia é verdadeira e única regra de fé e prática de qualquer cristão. Mas, numa sociedade decaída e maculada pelo pecado, precisamos entender que nem tudo o que as pessoas vivem na igreja é autêntico e verdadeiro. Há muitos aproveitadores da fé. De certa forma, estão nos cultos, se dizem cristãos e praticantes do evangelho de Cristo, mas são lobos devoradores, disfarçados de ovelhas. Causadores de divisões e promotores de lucros pessoais. São os psicopatas da nossa Era. 
Amados, não creiam em qualquer espírito, mas examinem os espíritos para ver se eles procedem de Deus, porque muitos falsos profetas têm saído pelo mundo.
1 João 4:1
Com amor,
Gladyston Santana
 
Onde pesquisei:
http://www.revistaunicaonline.com.br (Mentes perigosas: O psicopata mora ao lado)
http://revistaepoca.globo.com (Psicopata: você conhece um)
http://noticias.gospelprime.com.br (Psicopatas manipulam a sociedade dizendo-se convertidos, diz psicóloga)
http://www.bibliaon.com
http://www.guiame.com.br (Psicopatas pseudo-evangélicos) 
http://www.paulopes.com.br (Estudo revela que profissão de pastor atrai psicopatas)
Revista Super Interessante, 2006, pg. 48
Anúncios
comentários
  1. Renato Santiago Adriano disse:

    Que o Espírito Santo de Deus nos ilumine com sua infinita sabedoria, para que possamos discernir os lobos das ovelhas.
    Toda honra e glória seja dada ao seu nome!!!

Deixe seu comentário aqui. Qualquer coisa entre também em contato comigo: gladystonps@bol.com.br.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s