Arquivo de agosto, 2014

Você não é perfeito!

Publicado: 30 de agosto de 2014 em Uncategorized

download 

“Você não é perfeito!” Parece uma afirmação óbvia, mas não é. Quase sempre nos cobramos (talvez inconscientemente) uma perfeição em nossas atitudes que jamais teremos. Na verdade sabemos que nesta vida nada é perfeito, entretanto a imperfeição em nós nos incomoda. Isso porque a imperfeição revela a nossa vulnerabilidade, fragilidade e fraqueza. 

Para este sistema em que vivemos, o mundo não admite fracos. Numa entrevista para se conseguir um emprego, não percebemos ninguém contando suas fraquezas e seus vícios expondo desta forma suas fragilidades. Muito pelo contrário, é comum demonstrarmos o “melhor” de nós, mesmo que seja uma “mentira necessária” naquele momento para se conseguir o emprego. Não usamos desta “habilidade” em esconder nossa verdadeira personalidade apenas nestes momentos quando se está em jogo nossa conquista profissional, tentamos esconder nossa imperfeição sempre que ela aparece em alguma situação que tente revelar nossas vulnerabilidades. Na verdade tentamos nos “proteger” e acabamos demonstrando o que verdadeiramente NÃO SOMOS.

Usamos, por conta disso, máscaras de fortaleza, de intelectualidade, de ingenuidade, de orgulho, de santidade, de sabedoria, e de tantas outras, na tentativa desesperada e frustrada de fugirmos do que verdadeiramente somos, do que há de pior em nós que, se revelado, causará vergonha e nos colocará nos trilhos da fragilidade. 

Talvez isso explique o fato de muitos serem chamados e poucos escolhidos (Mateus 22.14). Creio que aceitar o evangelho de Cristo é abrir mão da “zona de conforto” que durante toda nossa vida criamos para nós e encararmos diariamente nossas próprias fraquezas e imperfeições. O evangelho é um chamado para se despir de qualquer fortaleza que criamos para andarmos pelados no meio de uma sociedade vestida de si mesmo. Fazer isso não é fácil. Só com a ajuda do Espírito Santo em nós conseguiremos.  

Admiro muito o apóstolo Paulo pela coragem de demonstrar sua fraqueza. Apesar de ser um Pastor, um líder, não economizava palavras quando o assunto era mostrar o quanto era frágil e imperfeito. 

Se devo orgulhar-me, que seja nas coisas que mostram a minha fraqueza.
2 Coríntios 11:30

E é essa imperfeição que nos faz provarmos da Graça de Cristo. A Graça só se manifesta na vida de quem resolveu abandonar seus esforços em manter as aparências e “proteger” sua vulnerabilidade, afim de encarar sua própria fraqueza.

Mas ele me disse: “Minha graça é suficiente a você, pois o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza”. Portanto, eu me gloriarei ainda mais alegremente em minhas fraquezas, para que o poder de Cristo repouse em mim.
2 Coríntios 12:9

Rogo a Deus para que nós possamos entender e viver essa verdade e faço das palavras de Brennam Manning que escreveu o livro “O Evangelho Maltrapilho” – um dos livros mais excelentes sobre Graça que já li – as minhas palavras:

Deus não apenas me ama como eu sou, mas também me conhece como sou. Por causa disso não preciso aplicar maquiagem espiritual para fazer-me aceitável diante dele.

Com amor,

Gladyston Santana 

 

Anúncios