Arquivo de novembro, 2014

Nem tudo é ESCÂNDALO!

Publicado: 19 de novembro de 2014 em Uncategorized

ass

Passei muito tempo da minha vida escutando: “Cuidado para não escandalizar o evangelho de Cristo”, “Cuidado para não servir de pedra de tropeço para outras pessoas” e assim por diante… E olhe que fiz parte por muitos anos do ministério Batista tradicional, imagine se eu estivesse numa dessas igrejas pentecostais onde tudo é proibido (Conheço algumas poucas igrejas pentecostais que não agem desta forma)

Um dos textos usados para amedrontar é sempre aquele:

“mas ai daquele homem por quem o escândalo vem!” Mateus 18:7

“Não se tornem motivo de tropeço, nem para judeus, nem para gregos, nem para a igreja de Deus”. 1 Coríntios 10:32

Nisto somos ensinados a ter medo de Deus e da igreja. Passamos a fazer uma leitura do que é certo ou errado a partir da ótica farisaica religiosa e logo concentramos nossos esforços em nos adequar ao sistema na tentativa de sermos aceitos por Deus. Muitos não conseguem e fracassam. E saem da Igreja ainda mais decepcionados com Deus. 

Um dia sai de bermudas, chinelo tipo havaianas e um violão nas mãos a fim de conversar com alguns viciados em álcool e prostituição. Entrava nos bares e falava com essas pessoas. Certa vez uma mulher se aproximou de mim e em prantos, depois de uma oração que fizemos ali,  e me disse:

– Não vou a Igreja há anos desde quando me colocaram para fora dela.

Intrigado perguntei:

– E porque uma igreja faria isso com você?

– Porque quando me decidi, ainda usava minhas roupas que uso para seduzir os homens aqui no meu trabalho (prostituição) e não tiveram paciência porque eu não tinha condições de me vestir adequadamente na Casa do Senhor. 

Não me interpretem mal, mas tive muita raiva desta igreja. Para igrejas deste tipo ou para pessoas que estão nas igrejas disfarçadas de cristãs e que pensam ser seguidoras da graça de Cristo, mas são lobos devoradores e fariseus apodrecidos é que esse texto as veste como uma luva: 

“Não se tornem motivo de tropeço, nem para judeus, nem para gregos, nem para a igreja de Deus”. 1 Coríntios 10:32

São tantas bobagens ensinadas que na medida que os pobres, os gays, os desonestos, os viciados, as prostitutas, os tatuados, os divorciados e tantos outros são expulsos e discriminados na “igreja”, Cristo resolve sair também.  

“Conta a história que um pecador notório foi excluído e proibido de entrar na igreja. Ele levou as suas dores a Deus: – Eles não me deixam entrar, Senhor, porque sou pecador. 

– Do que é que você está reclamando? – Deus perguntou. – Eles também não me deixam entrar”. (“O Evangelho Maltrapilho” de Brennan Manning, pg. 30).

O único mandamento que devemos seguir como cristãos é esse: Amar o Senhor teu Deus de todo coração e ao teu próximo como a ti mesmo (Mateus 22.37-39).

Não são as doutrinas estéticas, mesmo sendo “justificadas” com textos bíblicos que devemos seguir. Nenhuma lei é maior do que esse mandamento (em Mateus 22.37-39). Infelizmente, muitos estão tão preocupados em serem aceitos na igreja/instituição cumprindo religiosamente as leis e doutrinas humanas, que estão se afastando cada vez mais da graça de Cristo e sendo uma pedra de tropeço para muitos pecadores aceitarem o Senhor Jesus. 

Com amor,

Gladyston Santana

Anúncios