NÃO TOQUE FOGO NA PÓLVORA

Publicado: 16 de janeiro de 2015 em Uncategorized

Um dos acontecimentos mais comuns na vida de qualquer pessoa, não só do cristão, está em passar por algum tipo de tentação. O objetivo da tentação é nos seduzir, nos oferecer vantagens, nos vender uma falsa ideia, despercebida por nós, de que podemos ser deuses de nós mesmos. Não foi simplesmente a beleza da fruta, do conhecimento do bem e do mal, que fez Eva comê-la. Mas tudo o que ilusoriamente Eva achava que poderia SER ao prová-la (Gêneses 3:1-6).
A tentação não é algo isolado que vem do acaso ou do nada, pelo contrário, ela precisa da pólvora para existir e isso nós temos arraigados em nosso íntimo mortal. Ao nos sentirmos tentados, identificamos em que área de nossa vida esta pólvora se encontra. 
Agora entendo o que o Diácono Nequinho, um senhor de idade que me contava belíssimas histórias da bíblia quando eu era novo convertido a fé cristã, me dizia: “A única coisa que se aproveita da tentação meu filho é o fato dela revelar em que área estamos mais doentes e que, por conta disso,  necessita de uma atenção especial da nossa parte para a cura em Cristo”. 

Em amor,
Gladyston Santana.

Anúncios

Deixe seu comentário aqui. Qualquer coisa entre também em contato comigo: gladystonps@bol.com.br.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s